Quando você ora, Deus começa a operar.


Hoje como um domingo qualquer, veio memórias de tudo que existiu entre nós naquele tempo, em que o meu sorriso era mais feliz, só por ter você comigo. A saudade doeu mais, as lágrimas parecia cachoeira, e o sentimento guardado ressurgiu como vulcão. Você tem esse dom de transformar meu sorriso em lágrima mas o mesmo tempo fazer ao contrário minhas lágrimas vira sorrisos só pelo simples fato de você estar ali, mesmo não estando como queria. Hoje percebo que mesmo negando e fingido não me importar com você, é tudo uma farsa, porque eu me importo e muito.
Mas queria falar sobre a saudade que apertou, as lembranças que veio me atormenta, e as lágrimas que caiu ao ouvir “nossas”músicas. Deu saudade do seu beijo, que não terei mais, deu saudades do seus abraços, saudades das suas mãos juntas com a minha, saudade dos finais de semana, deu apenas saudades. As lembranças parecia como faca a cada vez que eu me lembrava de uma. É incrível como me lembro de tudo, não há um momento não relembrado. Lágrimas escorria como cachoeira, quanto mais chorava, mais queria você, huprecisava/preciso de você aqui, pois preciso daquela paz, daquele humor, sorriso, do seu amor de novo. Mas o tempo irá dizer o melhor pra nós.



— Por que está chorando?
— Depende de qual dessas lágrimas o senhor está falando.
— Como assim?
— É que normalmente cada uma carrega um motivo.

João Pedro Bueno, Sabedorias. (via sabedorias)


Era madrugada, estava tentando dormir a mais de meia hora, porém não conseguia de jeito nenhum. De uma coisa eu sabia, aquilo não era insônia. Horas e horas foram se passando, certo instante eu resolvi ter uma ideia..
Depois de ter afundado em um mar de pensamentos decidi ouvir a nossa música, sim aquela. Aquela que eu sempre me lembro de nós dois, aquela que a gente sempre ficava feliz quando escutava. Resolvi escutar a nossa música pois queria lembrar mais um pouquinho de você, matar aquela saudade passageira, sabe?
Peguei o celular e o fone de ouvido, dei “play” na música, neste instante a minha cabeça bagunçada de tantos pensamentos começou a ser preenchidas de memórias, memórias de nós dois quando éramos felizes… Um pouco mais adiante lembrei-me do nosso primeiro beijo (lembrança que eu nunca vou esquecer, eu prometo), também me lembrei dos nossos carinhos, abraços, cafunés e como sempre, das “brigas de casais apaixonados”. Sabe aquelas briguinhas clichês, aquelas que os pombinhos brigam e depois de 5 minutos já querem se desculpar e voltar? Então, é desse estilo.
Depois eu percebi que a música já estava terminando, e as memórias foram desaparecendo e desaparecendo. Minha cabeça voltou-se a ficar repleta dos velhos e chatos pensamentos de antes, a vida perdeu o sentido, ficou sem cor. Pra felicidade voltar, eu resolvi escuta-la novamente, e tudo voltou a ser feliz de novo, ter sentido. Novamente eu percebi que não paravam de aparecer imagens de nós dois, os nossos diálogos, as nossas juras de amor, percebi que não poderia viver sem você, de maneira alguma. Eu teria que mudar para melhor, isso sim. No amanhecer do dia eu resolvi te procurar, o que não seria possível, pois eu sei que você é preguiçosa, só acorda depois das 12h00, mas eu nem ligava, te tiraria da cama cedinho, precisava falar com você. Eu voltaria a fazer as mesmas coisas, várias e várias vezes com você, tudo ao seu lado, certamente tudo, e mais um pouco.

Pensando em você até de madrugada; Tormentar.  (via minhavidasemti)

(Source: tormentar)



Talvez você encontre alguém melhor, com mais maturidade do que eu, com menos orgulho, mais experiência e menos problemas. Alguém que já não seja um problema em si. Alguém que facilite pra ti, em vez de dificultar mais ainda. E que saiba as coisas certas para dizer, e também a hora certa. Que respeite teu tempo e espaço. Mas, de verdade? Achar alguém que te ame mais do que eu. Isso vai ser difícil.

Mikael Lemos (via quase-perfeita)

(Source: interiorizar)



“Uma hora você apenas cansa de insistir.” Foi o que eu ouvi sair da sua boca naquele dia, exatamente assim. Você me disse isso com aquela cara de choro, com o lábio inferior fremido, o cabelo bagunçado, e eu fiquei parado na soleira da porta enquanto você apenas pegava as suas coisas e ia embora. Eu sempre gostei de cada detalhe teu. Eu sempre amei tudo em você. Amei sua boca macia, sua pele, seu cabelo curto quase rente a nuca. Você tinha as pernas finas mais lindas, o seu corpo era leve o bastante pra eu erguer no balcão da cozinha, as suas coxas fartas, o seu pescoço foi feito para ser beijado. A tua respiração me acalmava quando era sem querer, me deixava louco quando era entrecortada. Eu te amei, te amei pra caramba. Eu te amei quando você me disse “oi” na porta da boate, como se eu fosse apenas mais um querendo transar. Eu te amei quando você me abraçou e chorou no meu ombro, pedindo desculpas. Eu te amei quando você usava o meu casaco pra sair com as suas amigas, e me deixava vendo futebol sozinho. Eu te amei quando você preferiu ficar em casa a sair comigo porque “não gostava daquelas minhas amigas”. Eu nunca te disse não, nunca te questionei sobre os seus erros, sobre as suas mancadas. Eu tentava entender porque, puta que pariu! Ela nasceu em uma família complicada, precisa de atenção. Eu gostava de cuidar de você, sério. E era tudo o que você queria mesmo, né? Fala a verdade, você nunca quis de verdade estar comigo, quis? Você estava apenas desesperada por uma válvula de escape da tua vida vazia. Você nunca gostou de verdade dos Smiths, nunca achou graça nas minhas piadas. Você não estava cansada de insistir, você estava cansada de fingir. Um dia até as melhores atrizes dão um passo em falso. E você vacilou quando eu disse que te amava. Caralho, eu fiz de tudo por nós dois, eu insisti sozinho o tempo todo sem nem saber disso. E a minha resposta final foi mais uma mentira. Sabe, você foi uma bela perda de tempo, literalmente falando. Você é linda. Você… Tem os olhos mais lindos do mundo, e quando você me olhava e baixava o queixo eu perdia o foco. Eu entrava na sala e te via de moletom e box jogada no sofá, sorrindo, e pensava: “O que eu fiz pra merecer alguém como ela ao meu lado?” O engraçado é que hoje eu penso a mesma coisa, mas em tom de desgosto. Cara, você é tão mentirosa que poderia ter feito pacto com o capeta. E sabe… Foda-se você. Eu não insisti o suficiente, eu não te dei atenção suficiente, eu nunca te fiz feliz. Eu nunca te mereci. Então tudo bem. Então, caralho, eu não presto! E você cansou de insistir. Então foda-se. Continua ai com a tua vida… sei lá, vai viver. Vai ser feliz com alguém melhor do que eu, vai me xingar em alguma esquina. Vai continuar fingindo que eu nunca fiz nada por você, por nós. Que eu nunca signifiquei nada pra você. Vai continuar mentindo pra si mesma sobre a verdade atrás da tua partida. Mente pra si mesma e finge que não sabe que você vacilou por medo de estar apaixonada também. Por medo de acabar tão fodida quanto eu. Mas sabe de uma coisa? Se tu tivesse tido o mínimo de vergonha na cara, e falado a verdade, seriamos dois fodidos agora, quem sabe seriamos os dois fodendo agora. Mas você optou por fugir. Então vai lá e te fode sozinha, porque eu insisti o tempo inteiro, eu te quis o tempo inteiro. E agora eu estou fodido. Absolutamente fodido. Mas eu vou me superar, porque até o mais otário tem amor próprio o suficiente pra isso. Teu ato mesquinho não foi nada, não me afetou a ponto de me derrubar. Porque eu vivi tempo o suficiente por você, eu vivi você por tempo demais. E quando a ressaca passar, eu vou estar bem de novo. E você vai estar sozinha. Mesmo que não físicamente, vai estar sozinha. Porque você não teve peito pra viver a nossa história, mas teve peito pra mentir na minha cara. Com o tempo, eu não vou te esquecer, mas vou passar a lembrar de ti com indiferença. Mas você ainda vai estar fodida. Porque eu vou continuar na tua pele, vou continuar no teu cabelo, na tua roupa justa. Vou continuar na tua lembrança, embaixo das tuas unhas, na tua boca. Vou continuar em você. Mas nunca mais do teu lado.

Uma hora você apenas cansa de ser otário.  (via versosquefiz)


Tenha ATITUDE, Parceiro. Porque FALAR, até PAPAGAIO FALA

(Source: teuidiot-4)



passe o mouse, isso é mágico
Nossos desejos nos mantenha vivo para que possamos olhar para frente e dizer: SIM EU CONSIGO. Somos capaz de fazer tudo e de realizar qualquer sonho e desejo nosso, basta tem fé,esperança,paciência, e foco.Letícia S.
A vida é com um sonho, as vezes bom e outras ruim.Mas nem por isso você para de sonhar. Letícia S.
1 2 3 4 5